Planeta Terra: Aula 3 – Extinção e Fósseis

Isabella Gaião e Roberta Vincenzi

OBJETIVOS

Apresentar o conceito de extinção; compreender que extinções são comuns e que já aconteceram com mais de 90% das espécies que já viveram na Terra; entender de forma simplificada o processo de fossilização.

MATERIAIS NECESSÁRIOS PARA A PARTE PRÁTICA

  1. Argila;
  2. Materias para fazer as impressões na argila (folhas de diferentes tipos e tamanhos, gravetos, conchas, brinquedos de plástico em forma de dinossauros, etc)

RESUMO DA AULA

Nessa aula, será abordado o tema Extinções. O professor deve começar explicando para os alunos brevemente o conceito de extinção, mas deve buscar principalmente mostrar para eles que esse é um processo extremamente comum na história da vida na Terra. Ou seja, mostrar que extinções sempre aconteceram e vão continuar a acontecer. E como sabemos disso? Oras, temos os fósseis. E então, na segunda parte da aula, será abordado em forma de atividade prática um pouco do conceito e importância dos fósseis para o conhecimento da história da vida.

ROTEIRO

A parte inicial da aula deve ser uma discussão com os alunos para observar os conceitos prévios e trazer novos conceitos sobre extinção. Questione se conhecem os dinossauros e por que eles não estão vivos nos dias de hoje. A partir desta introdução mais familiar, discuta o que é extinção, sua normalidade. Comente que existiram muitas outras espécies que já foram extintas além dos dinossauros. Chame a atenção para o fato de que existem mais espécies extintas do que vivas hoje na Terra.

Faça um desenho na lousa mostrando quanto de espécies já existiram e quantas dessas já foram extintas. Ex:

Para estudar os processos de fossilização pergunte como sabemos que essas espécies existiram se não estão mais aqui. Introduza os fósseis, o que são e que quase tudo que é vivo pode fossilizar. Depois dessa pequena introdução inicie a atividade de fossilização:

  • Faça grupos e distribua um pedaço de argila para cada criança;
  • Tente deixar bem claro que a atividade que será realizada se trata de uma simulação e que esses processos de fossilização demoram milhões de anos para acontecerem;
  • Instrua os estudantes a achatarem o pedaço de argila que está na mão de cada um deles e então, instrua-os a realizar a impressão do material escolhido para ser o “vestígio”. Dessa forma, os alunos poderão ver os dois processos de fossilização: do corpo do ser vivo (resto) e da impressão que esse ser vivo pode ter deixado (vestígio);
  • Aguarde a argila secar, e discuta com os alunos sobre como podemos interpretar esses registros que foram criados por eles.

INFORMAÇÕES EXTRAS PARA O PROFESSOR(A)

Para a parte inicial da aula o(a) professor(a) deve considerar que extinção é o desaparecimento definitivo ou a impossibilidade de criar novos descendentes de uma dada espécie. Também deve ter em mente que extinção é um processo natural ao qual a vida passa e que grande parte da vida que já existiu na Terra já foi extinta, esse processo tende a continuar enquanto houver vida em nosso planeta.

Para a segunda parte da aula é importante que o(a) professor(a) entenda como ocorre o processo de fossilização e a diferença entre um resto e um vestígio. Esse texto do Wikipédia traz um bom panorama geral sobre os fósseis e os processos de fossilização: https://pt.wikipedia.org/wiki/F%C3%B3ssil

REFERÊNCIAS

ANELLI, Luiz Eduardo; OYAKAWA, Jorge; FIGUEIREDO, Silvia Silva Cruciol; CALÇA, Cleber Pereira. Moldagem e replicação de fósseis. In: Paleontologia[S.l: s.n.], v. 1. p. 451-458, 2010.